Estatísticas do Blog

terça-feira, 12 de agosto de 2014

Mesmo sem acordo, rodoviários de duas regiões do DF voltam ao serviço

Cerca de 70 mil usuários de São Sebastião e Paranoá foram afetados. 
Viação Pioneira não paga o auxílio-saúde desde janeiro, diz sindicato.




Após três horas de paralisação na manhã desta terça-feira (12), motoristas e cobradores que trabalham em São Sebastião e Paranoá, no Distrito Federal, decidiram retomar os serviços. A categoria chegou a se reunir mais cedo com representantes da Viação Pioneira para discutir o pagamento do plano de saúde, que estaria atrasado desde janeiro, mas não houve acordo. O Sindicato dos Rodoviários disse que decidiu suspender a greve para não prejudicar mais a população.

Cerca de 180 rodoviários cruzaram os braços por volta das 8h40, reivindicando o pagamento do auxílio-saúde. De acordo com o DFTrans, 70 mil usuários das duas regiões foram atingidos com o ato. Segundo o presidente interino do sindicato, Jorge Farias, durante a tarde desta terça a paralisação deve atingir outra região do DF. A Viação Pioneira disse ao G1 que permanece em negociação com os funcionários.

Nesta segunda-feira (11), os funcionários da Viação Pioneira que atendem as linhas em Santa Maria também paralisaram as atividades por falta do pagamento do auxílio-saúde. De acordo com o sistema de Bacias, a empresa ainda atende as regiões do Itapoã, Paranoá, Jardim Botânico, Lago Sul, Candangolândia, Park Way e Gama, com uma frota de 640 ônibus.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores