Estatísticas do Blog

sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Passageiro briga com motorista, é imobilizado e morre em ônibus no DF

Ele quis descer fora do ponto e levou 'gravata' de rodoviários, diz motorista.
Polícia Civil afirma que responsáveis pela morte fugiram em outro ônibus.

Rafaela CéoDo G1 DF

Ônibus onde morreu passageiro após brigar com motorista (Foto: Reprodução/TV Globo)Ônibus onde morreu passageiro após brigar com motorista
(Foto: Reprodução/TV Globo)
Um passageiro morreu dentro de um ônibus da empresa Taguatur, no fim da tarde desta quinta-feira (29), no Eixo Monumental, em Brasília, depois de se envolver em uma discussão com o motorista do coletivo e ser imobilizado por rodoviários.
O motorista do ônibus contou que o passageiro tentou agredi-lo com um soco depois de uma discussão iniciada porque o condutor se negou a parar fora do ponto na via Estrutural. Outros rodoviários que seguiam para o trabalho e pegavam carona no veículo imobilizaram o homem, que havia embarcado em Águas Lindas de Goiás.
"Ele ficou transtornado e queria que eu parasse entre uma parada e outra. Eu não podia parar. Ele me xingou e queria que voltasse com ônibus, dizia que estava indo para o trabalho, na Estrutural", contou o motorista do ônibus, que não quis ser identificado.

O encarregado de tráfego da Taguatur, Adelino Marques, informou por telefone que uma briga generalizada pode ter provocado a morte do passageiro. A informação que a empresa diz ter recebido até agora é que o passageiro que morreu teria se alterado e partido para a briga com o motorista e que outras pessoas que estavam no ônibus tentaram evitar o confronto. O encarregado da Taguatur disse que a empresa vai apurar o episódio.
Para a Polícia Civil, pelas informações iniciais, a vítima pode ter morrido em decorrência do estrangulamento ou pode ter infartado. A causa da morte, porém, só será indicada com segurança após o laudo da perícia.

Conforme o motorista, quando o ônibus entrou no Eixo Monumental, o passageiro pulou a roleta e tentou dar um soco nele. “Foi quando os rodoviários seguraram ele, porque desviei do soco e balancei o ônibus”, fala

O motorista contou ainda que, ao avistar um carro do Detran, parou o veículo e foi pedir ajuda. “Quando voltamos, ele continuava imobilizado, estava vivo. O agentes do Detran pediram para soltá-lo. Quando soltaram, ele desmaiou e morreu.”
O delegado Mário Henrique Jorge, da 3ª DP,  contou que  os rodoviários que imobilizaram a vítima fugiram e estão sendo procurados. Para o delegado, o homicídio foi um crime com motivação "banal".
Se encontrados, os responsáveis serão presos em flagrante e devem responder por homicídio qualificado. "Já estamos com equipes nas ruas para tentar prender em flagrante os agressores, que fugiram depois que o Detran chegou. Eles embarcaram em outro ônibus e fugiram", falou o delegado.
Os bombeiros foram chamados pelos agentes do Detran, mas o homem já estava morto quando eles chegaram
.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores