Estatísticas do Blog

quinta-feira, 18 de julho de 2013

Ônibus tomba em acidente no DF e deixa pelo menos uma pessoa morta

Dez pessoas ficaram feridas e foram levadas ao hospital, dizem bombeiros.
Acidente deixou grande quantidade de óleo no final do Eixo L, na Asa Sul.

Do G1 DF

Bombeiros fazem atendimento de vítimas de acidente de ônibus que tombou em Brasília (Foto: Gabriella Julie/G1)Bombeiros fazem atendimento de vítimas de acidente de ônibus que tombou em Brasília (Foto: Gabriella Julie/G1)
Um ônibus tombou no final do Eixo L, na Asa Sul, em Brasília, e deixou uma pessoa morta e dez feridas na manhã desta quarta-feira (10), informa o Corpo de Bombeiros. O acidente, que ocorreu às 9h30 no sentido Asa Sul-Aeroporto, fechou todo o Eixo L na altura da 216 Sul. 
A vítima fatal  é uma mulher  de 60 anos. Ela foi lançada para fora do veículo e arrastada. Um dos feridos foi transportado de helicóptero em estado gravíssimo, inconsciente e com fraturas.
De acordo com o major Luciano Guimarães, dos bombeiros, o ônibus, do ano de 2006, da empresa Viação Anapolina, seguia da Rodoviária do Plano Piloto para Valparaíso II, em Goiás. Até a publicação desta reportagem, não havia informações de quantos passageiros estavam no veículo.
Bombeiros trabalham para remover óleo que caiu na pista após acidente com ônibus em Brasília (Foto: Gabriella Julie/G1)Bombeiros trabalham para remover óleo que caiu na pista após acidente com ônibus em Brasília (Foto: Gabriella Julie/G1)
O major Guimarães disse ainda que o motorista do ônibus contou aos primeiros bombeiros que chegaram ao local que havia uma mancha de óleo na pista antes do acidente. O condutor foi submetido ao teste do bafômetro, que não indicou consumo de álcool.

Após o socorro às vítimas, os bombeiros trabalharam para garantir que não houvesse risco de incêndio no local devido à grande quantidade de óleo na pista. Às 12h26, o ônibus foi desvirado por um guincho e o Instituto Médico Legal recolheu o corpo da vítima. Em seguida, caminhões de terra foram espalhados no local para remover o óleo do local
.O operador de máquinas Antônio do Nascimento viu o acidente e confirma a versão do óleo na pista. "O ônibus não estava tão cheio, ele se desgovernou quando passou no óleo, bateu no canteiro central, perdeu controle, bateu no meio-fio do outro lado e tombou da pista."
O perito Marcos Oliveira, da Polícia Civil, indica que há indícios de falta de habilidade do motorista no acidente. Ele disse que é comum que curvas tenham óleo derramado dos veículos que passam no local e que o condutor do ônibus freou ao passar pelo óleo. Se ele não tivesse acionado o freio, afirma o perito, o veículo não teria tombado. A 1ª delegacia de polícia investiga o caso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores