Estatísticas do Blog

segunda-feira, 18 de março de 2013

Sindicato paralisa cooperativas de ônibus do DF nesta segunda-feira



Protesto foi para reivindicar o repasse dos recursos para planos de saúde.
Cooperativas afirmam não ter recursos para realizar esse pagamento. 

Do G1 DF

O Sindicato dos Rodoviários do Distrito Federal paralisou as garagens das cooperativas de transporte público na manhã desta segunda-feira (18) para reivindicar o repasse dos recursos para pagamento dos planos de saúde de motoristas e cobradores.

"
Desde que o acordo foi firmado, em outubro de 2011, o dinheiro nunca foi repasado. Nós não temos mais dinheiro para ficar pagando o plano de saúde dos funcionários", afirmou o diretor do sindicato, Saúl Araújo.De acordo com o sindicato, as cooperativas deveriam repassar R$ 165 por cada funcionário, porém, há mais de um ano esses recursos não chegam à entidade.
O objetivo da paralisação de hoje, que começou por volta das 5h, é fazer uma advertência às cooperativas, que dizem não ter recursos para esse pagamento. Segundo Araújo, às 8h40, todos os ônibus afetados pela paralização já tinham voltado a circular.

Foram atingidas pelo protesto as cooperativas Cootarde, Coopertran, Cootransp, Coobrataete, Alternativa, Coopatag e MCS. As regiões afetadas foram Santa Maria, Gama, Ceilândia, Brazlândia, Taguatinga, Sobradinho, Paranoá e Samambaia.
De acordo com o diretor social da Cootarde, Davino Cavalcante, somente a empresa deixou de transportar, pelo menos, 1.350 pessoas durante a paralização
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores